Print Friendly

Olá pessoal…

Desculpe-me a ausência do blog por uns dias! Depois da virose foi uma semana inteirinha de trabalhos na faculdade e quinta-feira já começam as provas. Minha vida, que era bem calma, está uma loucura! Mas eu vou levando o Blog como posso…fui inventar uma faculdade e agora tenho que dar conta, né gente?!  :)

Quem me acompanha pelo Instagran viu que, semana passada, postei que ensinaria vocês a fazerem a carne de sol. Deixa eu explicar como aprendi essa receita…uma amiga querida da faculdade, a Cleide, tem um sobrinho que mora nos EUA e uma das coisas que ele mais sente falta é de uma boa comidinha regional, principalmente da nossa tradicional “carne de sol”. Ele aprendeu essa receita, ensinou a tia e ela, muito fofa, compartilhou comigo…e agora, claro, compartilho com vocês! :)

Antes de passar para vocês, conversei com minhas professoras de microbiologia e de bioquímica, para saber se não corria risco da carne apodrecer, já que ficará tantos dias em temperatura ambiente e elas me garantiram que não haverá problemas pois o sal vai desidratar e conservar a carne. Afinal gente, a Cacauzinha não quer matar ninguém com uma infecção, não é mesmo?!

Ontem as minhas “coleguinhas” da faculdade vieram aqui para minha casa estudar para a prova prática de técnicas e habilidades na cozinha…vocês sabem que quando se junta um monte de mulheres, o que não falta é assunto, principalmente sobre culinária, já que todas nós temos o mesmo objetivo…virar chef! Quando falei que ia preparar a carne do sol, a Jane logo me ensinou um jeito diferente de prepará-la. Então, eu resolvi preparar dos dois modos, assim vocês escolhem o que achar melhor.

 

 

Vamos ao preparo…afinal vocês vieram aqui para aprender, não é mesmo?!

 

CARNE DO SOL, COMO PREPARÁ-LA?

Ingredientes

Um pedaço de carne (pode ser filé, picanha, maminha ou contra-filé)

3 a 7kg de sal grosso (procure comprar um com as pedras maiores), dependendo da quantidade de carne utilizada (usei 3 kg)

Papel toalha

Modo de preparo

 

Eu comprei um filé mignon, porque meu marido adora esse corte de carne. Você pode fazer com outros tipos de cortes, porém aconselho que você use um mais macio, já que a carne vai se desidratar no processo. Como vou preparar os dois modos que aprendi, deixei o corpo do filé para fazer de um jeito e a cabeça, para fazer do outro. Vamos ao primeiro modo de preparo: Limpe o filé e abra ele ao meio, SEM separar as duas metades. Isso é necessário, pois a carne não pode ficar nem muito grossa, nem muito fina

 

 

Forre uma assadeira com papel toalha, inclusive as bordas. Coloque umas 3 camadas de papel…

 

 

Não é necessário você fazer esse passo, mas como eu tinha cordão em casa, amarrei o papel para que ele ficasse fixo na assadeira…

 

 

Agora forre toda a assadeira com sal grosso, fazendo uma cama (inclusive os lados)…

 

 

Acomode a peça da carne por cima do sal grosso, de modo que toda ela fique em contato com o sal…

 

 

Cubra a carne totalmente como o sal grosso, sem deixar nenhuma parte sem sal…

 

 

Cubra novamente com papel toalha (umas 2 camadas) …

 

 

Como eu tinha cordão, amarrei novamente o papel toalha, para que ele ficasse fixo na assadeira. Mas se você não tiver cordão, não se preocupe, apenas molde o papel na assadeira…

 

 

Coloque a assadeira num local sem umidade e com pouca iluminação. Todos os dias você retira o papel que está cobrindo a carne e escorre a água que vai juntando. Cubra novamente com papel toalha limpo e deixe novamente longe da umidade e da luz excessiva. Todos os dias você deve repetir esse processo.

Se você quiser carne do sol, deixe no sal, de 3 a 5 dias.

Se você quiser um charque, deixe desidratar por 8 dias.

Vou colocar fotos diária de todo o processo, assim vocês vão poder acompanhar direitinho! No final vou preparar uma receita bem gostosa e contar o resultado 😉

 

Agora vamos ao modo de preparo da carne do sol, da minha amiga Jane. Pegue a carne de sua preferência (nas mais macias o resultado é melhor, não esqueça!) e esfregue bastante sal grosso por toda ela (uma quantidade maior do que você colocaria num churrasco).

 

 

Coloque a carne sob um filme plástico e esfregue mais um pouco de sal grosso…

 

 

Enrole a carne no filme plástico, de modo que o sal fique em contato com a carne…

 

 

Coloque num depósito e leve a geladeira de 3 a 5 dias…

 

 

Pronto gente, viram como é fácil? Vou deixar a carne no sal por 4 dias (acho que é uma média boa, não é?) e vamos acompanhar todo o processo!

 

Beijokas e até amanhã!