Print Friendly
Não tem dias que você amanhece com uma vontade enorme de comer uma comida especial? E quando essa vontade aparece…a melhor coisa a fazer é matar a bendita, não é? Ou seja, vontade de comer um tartar…então vamos fazer um tartar!

Em função do calor que tem feito ultimamente e em especial, na última sexta-feira, resolvemos que nossa farrinha noturna ia ser “leve”. Escalei meu filho para ir ao Roteiro, buscar umas ostras frescas. Passei no supermercado e comprei um filé de salmão, uns pães e mais umas coisinhas.

Estava decidido…a pedida da noite seria ostras abertas na churrasqueira, tartar de salmão, pães recheados e uma deliciosa terrine de roquefort com nozes negras, que minha comadre trouxe (em conserva) na sua última viagem a Paris.

Meu filho e meu sobrinho comandaram a churrasqueira, abrindo as ostras e servindo a todos. A comadre recheou os pães e “sacou” a terrine finalizando o prato dela. E a Cacauzinha ficou responsável pelo tartar de salmão.

Essa receita é simples demais, gente! Fiquei me perguntando porquê eu demorei tanto para fazer…é tudo de melhor! Um prato leve e refrescante, de origem russa, próprio para os dias de verão! Existem várias opções de tartar (tartare), que pode ser feito com carne de boi, de cervo, de atum ou de salmão. Aos poucos, vou experimentar todos…até porque, não é sacrifício algum preparar uma refeição leve e deliciosa como essa!

 

TARTAR DE SALMÃO

Ingredientes

400g de filé de salão sem pele nem gordura

1 cebola roxa pequena, bem picadinha

suco de 1 limão siciliano, que é mais fraquinho

1/2 maço de cebolinha, cortado em rodelas pequenas

2 colheres de sopa de mostarda (de preferência extra forte)

Azeitonas (sem caroço) picadinhas

2 colheres de sopa de shoyu

Azeite e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

Corte o filé em cubinhos, com a ponta da faca…

foto 1 (1)

 

Pique a cebola e a azeitona, bem miudinha e corte a cebolinha finamente…

foto 2

 

Numa vasilha misture todos os ingredientes…

foto 3 (1)

 

Misture tudo muito bem e está pronto o seu tartar. Não precisou acender o fogo, nem sujar um monte de panelas e você não se descabela toda. E o melhor, não precisou nem adicionar carboidratos. Foi só cortar e misturar tudo! Molde o tartar com um foma…

foto 4 (15)

 

Decore e sirva acompanhado de torradas ou batatas Pringles. Fica delicioso e todo mundo adora!

foto 3 (2)

 

O tartar foi um sucesso, rendeu 3 porções e acabou rapidinho…todo mundo amou!

foto 1 (2)

 

A noite foi super agradável! Três gerações se confraternizaram ao redor de uma boa mesa…

foto 4 (18)

 

Ostras fresquinhas servidas a toda hora…

foto 2 (4)

 

Terrine de roquefort com nozes negras, diretamente de Paris e os pães recheados da comadre…

foto 4 (19)

 

 

E de quebra, ainda saiu umas caldas de lagostin ao limone…uma delícia!

foto 4 (17)

 

Tudo isso regado a muitas garrafas de vinho branco Crios…

foto 3 (3)

 

Um brinde a nossa amizade! Que ela prossiga através de nossos filhos e netos…

foto 1 (3)

 

O melhor programa pra mim é esse! Bem família!

foto 1 (5)

 

 

Beijinhos e um excelente fim de semana a todos vocês!