Print Friendly

Almoço simples = boa comida + boa bebida! Ótimo motivo para reunir os amigos num delicioso sábado na praia do Saco. Como tem me faltado tempo para estar na cozinha todos os dias e eu estava devendo ao nosso amigo Ricardo uma rabada, aproveitei que estávamos todos reunidos no final de semana passado e preparei essa iguaria.

Muita gente não gosta dessa comida e mesmo sem ter experimentado, se recusa até mesmo a olhar para essa delícia (meu maridinho é um deles!). Esses pratos meio “esquisitos” (palavras do respectivo)…tipo, pé de porco, joelho de porco, língua, buchada, sarapatel e rabada não entram na minha casa de jeito nenhum. Puro preconceito!

Uma rabada tem o seu valor! Afinal de contas para cozinhar não é preciso muita coisa…bons ingredientes e boa vontade…não tem como dar errado!
RABADA AO MOLHO DE VINHO COM POLENTA
Ingredientes
1,5 kg de rabo
1 cebola grande picada
2 colheres de sopa de alho picado
3 tomates sem pele e sem sementes, cortados em cubos pequenos
1/2 pimenta dedo de moça picadinha
1 garrafa de vinho tinto seco
4 cravos
4 paus de canela
Salsa, louro, tomilho e alecrim amarradinhos com um barbante (bouquet garni)
Pimenta do reino moída na hora, a gosto
Salsa picadinha
Azeite extra-virgem
1 xícara de creme de leite fresco
2 colheres de sopa de Maizena
Modo de preparo
Primeiro passo é você limpar bem o rabo, porque é uma carne gorda. Retirei todo o excesso de gordura que vem junto, lavei com bastante limão, vinagre e água, depois temperei a carne com sal e pimenta do reino. Separei todos os ingredientes para facilitar na hora do preparo. Na gastronomia, esse processo se chama “mise en place:)

foto 1 (14)

 

Na panela de pressão, coloquei um pouco de azeite e levei ao fogo para aquecer…

foto 2 (14)

 

Acrescente os pedaços da rabada e deixe dourar dos dois lados. Retire da panela as que já estão douradas e repita a operação até terminar…

foto 3 (17)

 

foto 4 (20)

 

Coloque na mesma panela (caso tenha juntado muita gordura, retire a metade) a cebola, o alho, o tomate, a canela e o cravo…

foto 5 (16)

 

Coloque agora o bouquet que está amarrado com o barbante…

foto 1 (15)

 

Derrame o vinho e acrescente a pimenta dedo de moça e os pedaços de carne. Feche a panela de pressão. Quando começar a ferver marque 50 minutos…

foto 3 (18)

 

Decorrido o tempo, retire a pressão e abra a panela. Observe que a carne já está soltando do osso. Deixe no fogo mais um pouco (10 min +-) para o molho reduzir…

foto 4 (21)

 

Retire os pedaços de carne da panela e desfie, soltando os pedacinhos de carne dos ossos…

foto 2 (16)

 

foto 5 (17)

 

Coe o molho para que fique só o líquido (sem as verduras), coloque numa panela e leve ao fogo…

foto 2 (18)

 

Dissolva um pouco de maizena (cerca de 2 colheres de sopa) num copo com 3 dedos de água….vá colocando aos poucos no molho e mexa até ferver e encorpar…

foto 3 (21)

 

 

Assim que o molho encorpar, coloque 1 xícara de creme de leite fresco e misture bem…

foto 5 (20)

 

 

Coloque a carne de volta a panela, misture com cuidado e reserve…

foto 1 (19)

 

 

Ingredientes para a POLENTA

500 ml de caldo de carne

150g de polenta

100ml de creme de leite fresco

2 colheres de sopa de manteiga

1 xícara de parmesão ralado

pimenta do reino moída na hora a gosto

Modo de preparo

Leve o caldo de carne ao fogo até ferver…

foto 2 (18)

 

 

Coloque a polenta e cozinhe até dar o ponto…

foto 2 (19)

 

 

foto 3 (22)

 

 

Junte a manteiga e o creme de leite…

foto 4 (25)

 

 

Por último, coloque o parmesão e misture bem. Tempere com a pimenta do reino se desejar…

foto 5 (21)

 

 

Coloque a polenta no prato e deixe um espaço no meio para colocar a rabada. Enfeite com galhinhos de alecrim e sirva bem quente…

foto 1 (20)

 

 

O molho de vinho deixa a rabada com um sabor muito especial…

foto 4 (26)

 

 

Para acompanhar a rabada, nosso amigo Ricardo levou dois vinhos deliciosos. Um bordeaux Chateau Tour de Marbuzet 2005 ( 30 euros) e um malbec argentino, o Felino, da Viñas Cobos (70 reais). Ambos provados e aprovados!

foto 2 (21)

 

 

Um dia de sol da casa da comadre, na praia do Saco é assim…

foto 5 (12)

 

 

 

foto 4 (22)

 

 

Muitas champas…

foto 5 (19)

 

 

… e Chablis!

foto 2 (17)

 

 

Saldo da tarde!

foto 1 (22)

 

 

Pois é, muitas vezes a gente tem preconceito em relação a certos tipos de comida. A rabada é uma parte do boi subutilizada e entretanto, quando preparada corretamente, com ingredientes de qualidade, ela se torna um prato muito apreciado. Uma vez eu preparei a rabada exatamente igual a essa. Cortei uns quadrados de massa filo, coloquei a carne desfiada no centro e amarrei as pontas com uma cebolinha branqueada, formando uma trouxinha. Cozinhei uma massa e servi a rabada regada ao molho de vinho. Ficou uma delícia também!

 

Beijinhos e até a próxima!