Print Friendly

Olá gente,

Hoje eu estou com o coração apertado de saudade…chegou o dia e meu filho partiu! Só em pensar que o verei novamente perto do natal..me dá uma dor sei lá onde…minha garganta aperta e meus olhos se enchem de lágrimas. A gente tem filhos, quer que eles cresçam…e quando eles crescem, a gente preferia que eles nunca tivessem crescido. Vai entender, né?!! A casa agora está vazia e o jeito vai ser rezar para que o ano passe logo e ele volte, feliz e cheio de histórias pra contar!

Com toda essa emoção que tomou conta mim, estou sem inspiração para escrever um post legal…então, vocês me perdoem, mas a coisa hoje vai ser rápida…vamos direto à receita! :)

Final de semana passado eu nem estava muito a fim de cozinha. Fui para a casa da comadre, lá na praia e para facilitar nossa vida levei uns potinhos do molho boscaiola…íamos cozinhar uma massa, esquentar o molho e ralar um queijo parmesão. Mas, no meio da manhã lá vem o pescador oferecendo um saco de lasgostins fresquinhos, que tinham acabado de ser pescado…

foto 1 (19)

 

Não deu pra resistir…ainda mais quando meu filho ligou dizendo que vinha almoçar com a gente! Sabendo que a alimentação dele esse ano vai ser meio “improvisada” aproveitei para preparar um prato simples, mas muito saboroso…do jeito que ele gosta!

 

LAGOSTIM CREMOSO

Ingredientes

Caudas de lagostim (usei 25 caudas para 4 pessoas)

1 garrafa de champanhe

1 cebola média bem picada bem miudinha e a mesma quantidade de gengibre, também picadinho

3 colheres de sopa de manteiga

1 garrafinha de 500ml de creme de leite fresco

3/4 de xícara de amêndoas laminadas

sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

Retire as cabeças e lave as caudas em água corrente, para retirar qualquer vestígio de areia…

foto 2 (24)

 

Coloque as caudas numa cuscuzeira com água, para que elas cozinhem no vapor…

foto 3 (23)

 

Assim que elas mudarem de cor e ficarem vermelhas, desligue o fogo e deixe esfriar. Com um pano (para você não se furar) segure a cauda com a parte fininha para cima e com uma tesoura vá cortando as laterais dessa parte até chegar no final da cauda… levante essa “pele” e descarte. Vá levantando a carne da carapaça com cuidado, para que ela saia inteira. Quando chegar no último anel, quebre a carapaça grossa e descarte…mantendo a carne presa no rabinho. Faça um corte longitudinal na parte de cima da cauda e retire o intestino. Coloque as caudas num recipiente e cubra com champanhe (usei 1 garrafa inteira). Deixe na “champa” por +- 1 hora…

foto 5 (16)

 

foto 1 (22)

 

Pique bem miudinho: 1 cebola média e a mesma quantidade de gengibre (bem miudinho, mesmo!)…

foto 2 (27)

 

Aqueça 3 colheres de sopa de manteiga…

foto 4 (25)

 

Refogue por 5 minutos…

foto 3 (26)

 

Coloque as caudas dos lagostins, coloque um pouco de sal e pimenta do reino moída na hora, refoque por mais 5 minutos…

foto 4 (26)

 

Coloque o creme de leite fresco…

foto 5 (20)

 

E em seguida as amêndoas lamidadas (como estávamos na praia e a receita não estava planejada, piquei umas amêndoas porque não tinha as laminadas)…

foto 2 (26)

 

Mexa cuidadosamente para que tudo fique homogêneo, Prove e acerte o sal e a pimenta…

foto 2 (25)

 

E deixe ferver, sempre mexendo até o molho encorpar…

foto 1 (20)

 

Prepare um acompanhamento especial. Pode ser um arroz bem gostoso, legumes, batatas coradas ou uma massa, como eu fiz!

foto 2 (8)

 

Abrimos um vinho branco alentejano, delicioso…o Paulo Laureano, que foi provado e aprovado…recomendo!

foto 1 (23)

 

O dia estava lindíssimo…

foto 2 (29)

 

A tardinha cai…

foto (6)

 

A lua nasce, reinando absoluta sobre a cidade!

foto (5)

 

 

Pessoal, essa lagosta é simples e o sabor se dá pela qualidade dos ingredientes. Use uma manteiga extra sem sal e um creme de leite fresco. Nesse prato você pode perfeitamente substituir os lagostins (ou lagostas) por camarões…garanto que fica delicioso também!

Beijinhos e até a próxima!