Print Friendly

Ahh gente…vocês já tiveram oportunidade de experimentar o spaghetti feito com a pupunha? É tudo de bom e eu vou te dar 3 motivos para você correr ao supermercado e comprar um pacotinho: 1º É chique…todo programa de reality tem uma receitinha com pupunha! 2º O prato fica realmente delicioso! 3º Cada 100 g de pupunha tem aproximadamente 29 kcal

Para quem ainda não conhece, a Pupunha é um tipo de palmito. Sua extração é ecologicamente correta, pois ela tem a capacidade de rebrotar, podendo ser explorada por muitos anos. É o mais rico em nutrientes da família dos palmitos.

No mercado nacional já existem algumas empresas que beneficiam a pupunha, mas apenas uma, beneficia a pupunha gourmet, em forma de fios pré-cozidos e congelados. Infelizmente, aqui na minha terra, nem em Recife, não encontramos no mercado, o macarrão pronto para o consumo.

Para matar a minha vontade, o jeito foi comprar a pupunha “in natura”, colocar a mão na massa e eu mesma, fazer meu spaghetinho. Confesso que não é tão fácil como eu imaginava, já que a “peça” da pupunha vem com aproximadamente 60 cm envolto numa casca dura e fibrosa. A primeira aventura foi parti-lo ao meio! O danado é duro e tive que contar com a ajuda do martelo para que a faca conseguisse atravessar a casca. A segunda, foi retirar as camadas da casca até chegar na parte mais branca do palmito.  Na foto abaixo, as 3 imagens da direita são as camadas de casca que retirei até chegar na parte branca e macia…

 

foto 1 (1)

 

 

foto 4

 

 

Quando finalmente retirei as cascas, vi que tinha uma espécie de “película” branca envolvendo toda a peça. Como foi a primeira vez que eu estava manuseando uma pupunha e não tinha tido nenhuma informação a respeito, tratei de fazer uma raspagem com a parte “cega” da faca…

foto 2 (1)

 

 

Quando o palmito estava todo descascado e limpo, finalmente comecei a preparar o spaghetti. Aproveitei para estrear meu mandolin, mas como cada metade ficou com quase 30 cm, tive dificuldade em trabalhar com a peça. Resolvi então utilizar um utensílio mais simples, mas muito eficaz…

foto 4 (1)

 

 

Assim os fios saíram mais longos, parecendo mesmo um spaghetti…

foto 3 (1)

 

 

Levei quase 1h e meia para fazer todo o spaghetti. Não sei se foi pela minha falta de prática ou porque é realmente trabalhoso…só sei que fiquei com os braços “moídos”…rsss! :)

foto 5 (1)

 

 

SPAGHETTI DE PUPUNHA COM COM LEGUMES

Ingredientes

500 g de pupunha

1/2 brócolis

1/2 cenoura grande

1/2 cebola bem picadinha

20 unidades de tomates cerejas

10 cebolinhas francesas (pode ser a tradicional)

1/2 xícara de folhinhas de manjericão

azeite

sal a gosto

Modo de preparo

Faça o branqueamento do brócolis, para manter a cor bem verdinha…

foto (1)

 

Corte a cenoura em cubos pequenos (eu cortei em rodelas finas e depois usei um cortador de estrela) e cozinhe em água fervente por 5 minutos…

foto 1 (2)

 

 

Coloque uma panela com água e sal, no fogo e quando ferver coloque o spaghetti de pupunha e deixe por 4 minutos. Escorra e reserve…

foto 3 (2)

 

 

Numa panela, aqueça um pouco de azeite e refogue a cebola…

foto 5 (2)

 

 

Junte o brócolis e a cenoura e refogue por aproximadamente 5 minutos…

foto 1 (3)

 

 

Coloque a pupunha e misture cuidadosamente…

foto 2 (3)

 

 

Se precisar coloque mais um pouco de azeite, junte os tomates, a cebolinha picada e as folhinhas de manjericão…

foto 4 (3)

 

 

Misture tudo cuidadosamente e sirva…

foto 4 (4)

 

 

O macarrão de pupunha é leve e saboroso, ideal para quem está em dieta de baixa caloria ou para quem tem alergia ao glúten…

foto 5 (5)

 

 

É uma pena que nenhum supermercado aqui em Maceió, venda o macarrão congelado! Alôo empresários do setor…que tal vocês ficarem mais atentos ao mercado??? 😉

foto 5 (3)

 

 

Uma ótima semana a todos e até a próxima! Beijinhos..